logo

Aprenda a seguir o regulamento de campanhas promocionais

Se você está pensando em fazer uma campanha, provavelmente já ouviu falar sobre o regulamento de campanha promocional que precisa ser aprovado pela Caixa Econômica Federal, certo?

Por aqui vamos ajudar você com algumas regras sobre este regulamento de promoção comercial, com o intuito de tornar tudo mais transparente e compreensível.

Então, vamos juntos entender como funciona o regulamento da Caixa, órgão responsável pela fiscalização das promoções?


Por que o regulamento da campanha promocional deve ser feito?

O regulamento da campanha promocional deve ser feito porque proporciona clareza sobre as regras da promoção, abrangendo aspectos como elegibilidade dos participantes e critérios para a seleção do vencedor. 

Ou seja, a elaboração do regulamento é fundamental para garantir transparência, evitar possíveis problemas legais e oferecer uma experiência justa e compreensível a todos os interessados na promoção. 

Além disso, a criação do regulamento é um requisito para a aprovação pela Caixa Econômica Federal, um dos órgãos responsáveis por fiscalizar e validar as campanhas promocionais.

Regulamento de campanha promocional: Como fazer?

Abaixo, entramos em detalhes sobre como fazer um regulamento de campanha promocional. Acompanhe.

Como registrar uma campanha promocional?

  • Elabore o regulamento: crie um regulamento de campanha promocional detalhado, assegurando que este esteja em conformidade com as normas estabelecidas pela Caixa, abrangendo critérios de participação e seleção de vencedores.
  • Recolha documentação necessária: prepare a documentação exigida, como comprovantes de pagamento de taxas, termos de adesão, termo de mandatária, procuração outorgada pela empresa, entre outros documentos específicos.
  • Acesse o sistema de promoções comerciais: utilize o sistema online disponibilizado pela Caixa para registrar a campanha, seguindo as instruções fornecidas.
  • Efetue o pagamento de taxas: realize o pagamento das taxas específicas associadas ao registro da campanha dentro dos prazos estabelecidos.
  • Envie a solicitação: submeta a solicitação de registro da campanha por meio do sistema online da Caixa, preenchendo todos os dados necessários.
  • Aguarde aprovação: após análise da solicitação pela Caixa, aguarde a aprovação do regulamento da campanha promocional. Caso esteja em conformidade, será concedida a autorização para a realização da campanha.
  • Inicie a campanha: após obter a autorização, inicie a campanha conforme planejado, assegurando o cumprimento de todas as regras estabelecidas no regulamento.

Quem autoriza?

As autorizações e a fiscalização das atividades referentes à distribuição gratuita de prêmios em campanhas promocionais, são de competência do Ministério da Fazenda, especificamente na Secretaria de Reformas Econômicas (SRE). 

Portanto, é esse órgão que regula e supervisiona a condução adequada das campanhas promocionais, conforme regidas pela Lei nº 5.768/71, Lei nº 13.756/2018, Decreto nº 70.951/1972 e Portaria SEAE/ME nº 7.638/2022.

Precisa pedir autorização para todas as campanhas promocionais?

regulamento de promocao comercial

Existem diferentes tipos de campanhas promocionais que requerem autorização, ou seja, nem todas precisam.

Aqui, vamos falar de campanhas promocionais que precisam.

Por exemplo, em um sorteio, a distribuição de prêmios depende exclusivamente da sorte, sendo determinada por resultados da Loteria Federal. 

Já no concurso, a vitória é baseada no conhecimento e mérito dos participantes, avaliados por uma comissão julgadora. 

A modalidade vale-brinde, conhecida como “Achou-Ganhou”, resulta em brindes imediatos para os participantes. 

Cada uma dessas campanhas tem sua própria alíquota de retenção de imposto de renda, sendo 20% sobre o valor de mercado total da premiação. 

Além disso, o Ministério da Economia estabelece uma documentação necessária para solicitar autorização destas campanhas, incluindo comprovantes de taxa de fiscalização e procedimentos específicos.

Quais são os documentos necessários para solicitar autorização?

  • Cópia do comprovante de pagamento da taxa de fiscalização.
  • Procuração, se aplicável, outorgada pela empresa requerente com poderes específicos, por instrumento particular ou público.
  • Atos constitutivos da requerente, suas alterações e ata de eleição da diretoria atual, arquivados na Junta Comercial ou Registro Civil de Pessoas Jurídicas.
  • Certidões negativas ou positivas, com efeito de negativas, dos débitos da pessoa jurídica requerente, incluindo Dívida Ativa da União e tributos federais, estaduais e municipais, sendo a certidão federal emitida automaticamente pelo Sistema de Controle de Promoções Comerciais (SCPC) no momento da solicitação.
  • Termos de adesão assinados pelos representantes legais de todas as pessoas jurídicas participantes.
  • Termo de mandatária/responsabilidade emitido pela pessoa jurídica mandatária, com responsabilidade solidária pelas obrigações e infrações decorrentes da promoção, assinado por seu(s) representante(s) legal(is).
  • Demonstrativo consolidado da receita operacional da(s) empresa(s) participante(s) assinado por representante legal da mandatária, contador ou técnico em contabilidade, referente aos meses imediatamente anteriores à duração da promoção.

Quais são as regras e normas a serem avaliadas?

Para evitar possíveis penalidades, como multas e o cancelamento de suas campanhas promocionais, é essencial compreender a legislação de promoção comercial.

Entre as leis que regulamentam o processo de autorização, destacam-se:

  • Lei 5.768/1971: estabelece normas para a distribuição gratuita de prêmios, abrangendo sorteios, concursos, vale-brinde, promoção a título de propaganda e premiação.
  • Decreto 70.951/1972: regulamenta a Lei nº 5.768/1971, especificamente tratando da distribuição gratuita de prêmios envolvendo sorteios, concursos, vale-brinde, promoção a título de propaganda e premiação.
  • Portaria MF nº 41/2008: regulamenta a distribuição gratuita de prêmios por meio de concurso, vale-brinde, sorteio ou modalidade assemelhada, relacionada à Lei nº 5.768/1971 e ao Decreto nº 70.951/1972 mencionados anteriormente.

O que acontece se não solicitar a autorização para campanha promocional?

Se uma empresa não solicitar a devida autorização para uma campanha promocional, ela está sujeita a diversas penalidades legais. 

Ou seja, a ausência de autorização e o não cumprimento do regulamento de campanha promocional pode resultar em multas significativas, além do risco de ter a campanha cancelada.

E além das consequências financeiras, a falta de autorização pode gerar uma imagem negativa para a empresa, comprometendo sua reputação perante os consumidores e autoridades reguladoras.

Solicitei autorização, mas não foi aprovado: o que fazer?

legislacao promocao comercial

Se a autorização para uma campanha promocional não foi aprovada, é essencial entender as razões por meio de uma revisão detalhada. 

Por exemplo, corrija as questões identificadas, como falhas na documentação ou não conformidade com as normas. 

E caso as razões não sejam claras, consulte um profissional jurídico especializado em regulamento de campanha promocional.

Após efetuar as correções necessárias, reenvie a solicitação, garantindo o atendimento a todos os requisitos.

Regulamento aprovado: devo fazer algo mais?

Após a aprovação do regulamento de campanha promocional, é essencial realizar a publicação clara e acessível do regulamento nos canais de comunicação.

Você também deve garantir a estrita conformidade com as regras estabelecidas, manter documentação organizada e manter um relacionamento transparente com os participantes.

E não para por aí! É essencial registrar e divulgar os ganhadores conforme estipulado, e preparar um relatório final destacando os resultados da campanha. 

Lembre-se que o cumprimento contínuo das normas é crucial para uma execução bem-sucedida e para evitar problemas legais.

Quem pode te ajudar com essa regulamentação?

Para ajudar você com o regulamento de campanha promocional, é possível contar com o suporte de uma agência especializada em marketing promocional ou contratar um advogado especializado. 

Esses profissionais são capacitados para lidar com a parte burocrática de um regulamento de campanha promocional, assegurando que a sua campanha esteja em conformidade com as leis e regras aplicáveis. 

Alcance o sucesso em sua campanha comercial conosco. Aposte no diferente, inquieto e único para se destacar da concorrência.

Conclusão

Entender e seguir o regulamento de campanha promocional é crucial para garantir transparência, conformidade legal e uma experiência justa aos participantes. 

Ao criar um regulamento em conformidade com as normas da Caixa Econômica Federal, você assegura a aprovação necessária para a realização da campanha. 

Neste cenário, a autorização do Ministério da Fazenda também é essencial, especialmente em campanhas que envolvem sorteios, concursos ou modalidades assemelhadas.

No mais, lembre-se que profissionais especializados em marketing promocional ou advogados podem ser aliados valiosos para garantir a conformidade contínua e o sucesso da campanha promocional

Ao seguir essas diretrizes, você constrói uma base sólida para uma execução bem-sucedida e evita possíveis problemas legais!

Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?